Site de notícias de automóveis

Ford EcoSport 2025: Detalhes do Lançamento e Dicas de Modelos Usados

Ford EcoSport: A Revolução dos Utilitários Esportivos Compactos no Brasil

Não é exagero dizer que o Ford EcoSport é mais do que um simples carro; é uma verdadeira lenda no universo dos utilitários esportivos compactos no Brasil.

Este atraente guerreiro da Ford se destaca não só pela sua performance, mas também pelo estilo arrojado e pela tecnologia de ponta, conquistando os corações de quem busca um veículo usado confiável e robusto.

Preparados para uma novidade eletrizante? Segundo rumores que circulam em publicações na Espanha, o EcoSport está se preparando para uma retomada espetacular em 2025, completamente modernizado e pronto para enfrentar o Dacia Duster 2025. Sim, estamos falando de modelos eletrificados!

Enquanto muitos portais de notícias no Brasil já começam a especular e a compartilhar imagens deste futuro modelo, dizendo que ele terá um design inspirado no Ford Territory, nós preferimos manter a cautela com as previsões. Contudo, é seguro dizer que os preços prometem ser bem salgados.

Mas enquanto aguardamos a chegada desses novos titãs tecnológicos, que tal dar uma olhada nos tesouros que já estão disponíveis no mercado de carros usados?

Você pode descobrir um EcoSport usado que seja um verdadeiro achado. Imagine só, modelos de 2018 a cerca de 60 mil reais ou, se você estiver disposto a ousar um pouco mais, as versões premium de 2021 por até 105 mil reais.

Vamos conhecer os detalhes desse modelo e descobrir o que faz as versões mais legais serem tão cobiçadas no mercado de carros usados?

Ford EcoSport 2025 2
Foto/Reprodução: Ford

Ford EcoSport 2025: Detalhes do Lançamento e Dicas de Modelos Usados

O EcoSport, derivado do Ford Fiesta, preserva muitas das qualidades dinâmicas do hatchback, incluindo a agilidade e a resposta ao volante.

Com um peso aproximado de 1.360 kg e um entre-eixos de 2,52 metros, o veículo é projetado para oferecer uma experiência de condução equilibrada, embora o espaço interno seja limitado para quatro adultos.

O porta-malas, com capacidade de 356 litros, atende bem às necessidades diárias de uma família pequena.

A linha 2018 do EcoSport introduziu melhorias significativas, especialmente com a chegada do motor Dragon de 1.5 litros, três cilindros e 12V, capaz de produzir 137 cv e 16,2 kgfm de torque.

Este motor, combinado com um câmbio automático de seis marchas, permite ao veículo acelerar de 0 a 100 km/h em 12,6 segundos.

Ele também apresenta uma economia de combustível impressionante, fazendo 10,6 km/l na cidade e 14,6 km/l na estrada.

Ford EcoSport 2025 3
Foto/Reprodução: Ford

Qual é o melhor modelo de EcoSport?

A versão SE do Ford EcoSport é amplamente procurada por seu excelente custo-benefício. Ela vem equipada com sete airbags, uma central multimídia com tela de 6,5 polegadas, sensor de estacionamento traseiro e rodas aro 15.

Os preços para esta versão variam entre 65 e 75 mil reais, tornando-a uma opção acessível para muitos consumidores.

Para aqueles que buscam ainda mais conforto e recursos tecnológicos, a versão FreeStyle se apresenta como a escolha ideal.

Equipada com uma central multimídia de 8 polegadas, ar-condicionado digital, monitoramento de pressão dos pneus, luzes diurnas de LED, câmera de ré e bancos revestidos em uma combinação de couro e tecido, esta versão eleva significativamente o padrão de conforto e segurança.

Os modelos FreeStyle estão disponíveis no mercado com preços que oscilam de 67 mil a 82 mil reais, dependendo das especificações e do estado do veículo.

Qual é o melhor modelo de EcoSport
Foto/Reprodução: Ford

Performance Superior com a Versão Titanium

Para os aficionados por desempenho, a versão Titanium do Ford EcoSport destaca-se no segmento. Equipada com um motor 2.0 Direct Flex de alta potência, essa versão entrega uma faixa de potência de 170 a 176 cavalos e torque de 20,6 a 22,5 kgfm, tudo isso acoplado a um câmbio automático de seis velocidades.

Além de oferecer um desempenho robusto, a versão Titanium promete uma experiência de condução de alto nível. Com preços que variam entre 80 e 85 mil reais, ela representa uma excelente relação custo-benefício para quem busca tanto potência quanto conforto em um utilitário esportivo.

Aventura com a Versão Storm

Em 2019, a Ford apresentou ao mercado a versão Storm do EcoSport, uma variante meticulosamente desenvolvida para os entusiastas da aventura. Nós já cobrimos essa versão detalhadamente em uma matéria anterior, destacando que, devido às suas especificações avançadas, os preços são naturalmente mais altos, variando de 96 a 102 mil reais.

Equipada com tração integral e suspensão traseira independente, a versão Storm é perfeitamente adequada para transitar por vias de baixa aderência.

Contudo, é importante destacar que esses aprimoramentos técnicos resultam em um aumento no consumo de combustível e nos custos de manutenção, uma consequência direta do peso adicional do sistema de tração.

Mercado e Manutenção

Embora o Ford EcoSport tenha saído de linha, sua popularidade no mercado de carros usados permanece inalterada. A manutenção é facilitada por uma ampla rede de fornecimento de peças e por uma comunidade de mecânicos bem versada neste modelo.

Isso faz do EcoSport uma escolha atraente para aqueles que buscam um veículo confiável e econômico, sem grandes preocupações com a depreciação.

No entanto, é crucial lembrar que nenhum carro está livre de falhas. Antes de adquirir um EcoSport usado, é essencial estar ciente dos problemas comuns que podem surgir. Vamos detalhar esses pontos a seguir.

Leia também:

Fiat Coupé: Um Carro Clássico Acessível para Apaixonados por Esportivos

Creta Action a Preços de Despedida, Mais Baixos que HB20 Turbo

Santa Cruz no Brasil: Chegada por aqui Ainda é um Mistério

Quais são os principais problemas crônicos do Ford EcoSport?

Correia Dentada: No motor Dragon 1.5, a correia dentada é projetada para durar até 160.000 km. No entanto, a durabilidade real da correia pode variar significativamente dependendo da frequência das trocas de óleo e do tipo de lubrificante utilizado. A utilização de um óleo que não atenda às especificações recomendadas pela Motorcraft pode levar a problemas prematuros.

Injeção Direta: O motor 2.0 com injeção direta possui uma baixa tolerância a combustíveis adulterados. Isso frequentemente resulta em uma redução na pressão da linha de combustível, podendo causar falhas na aceleração do veículo. Problemas com a bomba de alta pressão são comuns, mas a bomba de baixa pressão também pode ser afetada.

Transmissão Automática: O câmbio automático 6F35 requer a substituição do fluido a cada 240.000 km. Apesar dessa manutenção, ainda podem ocorrer problemas de pressão hidráulica devido à saturação do filtro. No entanto, esses problemas são menos severos do que os enfrentados pelo câmbio Powershift de dupla embreagem, que foi utilizado antes da última reestilização.

Suspensão: Ruídos e batidas secas ao dirigir podem indicar que amortecedores, batentes, buchas e bieletas estão chegando ao fim de sua vida útil. Esses problemas são ainda mais acentuados na versão Storm do EcoSport, que possui uma suspensão traseira independente.

Tração 4×4: Na versão Storm, é crucial verificar o estado do rolamento central do eixo cardã e se o óleo do diferencial traseiro foi substituído conforme necessário. Além disso, a ausência de um protetor de cárter pode tornar mais evidentes os danos causados em percursos fora de estrada.

Quer continuar acompanhando as últimas histórias e notícias sobre carros e o universo das motos?

Então, siga @NoticiasSobreAutomovel e compartilhe este artigo com quem você acha que vai gostar também!

Advertisement
Deixe um comentário