Site de notícias de automóveis

Pneu que não fura: Descubra o nome e preço!

Pneu que não fura: Qual é o nome e quanto custa?

Pneus furados são uma dor de cabeça para qualquer motorista. Mas e se houvesse uma solução para esse problema? Bem, parece que a Michelin e a General Motors (GM) desenvolveram um pneu que não fura.

O nome do pneu é Uptis, e está sendo testado pela GM. Se os testes forem bem-sucedidos, o pneu pode começar a ser usado em carros de passeio a partir de 2024.

O Uptis é um pneu sem ar que usa uma estrutura interna de resina reforçada com fibra de vidro para suportar o peso do veículo. Com isso, o pneu não precisa ser inflado e é à prova de furos.

O pneu Uptis é mais durável e pode durar até 30% mais do que os pneus convencionais. Isso significa que os motoristas não precisarão mais se preocupar com pneus furados ou murchos.

No entanto, a tecnologia tem um preço. Segundo a pesquisa feita pela reportagem, modelos equipados com a tecnologia custam cerca de 10% a mais do que equivalentes convencionais.

Mas se considerarmos a economia que os motoristas terão com a manutenção e substituição de pneus, pode valer a pena investir em um pneu que não fura.

Os pneus à prova de furos são construídos com materiais renováveis, como a fibra de vidro, que torna o pneu mais resistente a furos e aumenta sua durabilidade. Além de tudo isso, a tecnologia inovadora por trás dos pneus à prova de furos permite que o pneu seja mais leve e mais eficiente em termos de combustível.

Principais Marcas e Modelos: Michelin Uptis e Outros

A Michelin é uma das principais marcas que desenvolveu o sistema único de pneu à prova de furo. O Michelin Uptis é um pneu que não precisa de ar e, por isso, é resistente a furos.

Ele é construído em fibra de vidro e, além de causar menor impacto ambiental, oferece mais segurança aos consumidores. O pneu Uptis está sendo testado pela General Motors e, caso os testes sejam bem-sucedidos, eles podem começar a ser usados em carros de passeio a partir de 2024.

Outra marca que está investindo em pneus à prova de furos é a Pirelli. A empresa está trabalhando em um pneu sem ar que utiliza uma estrutura interna de raios para suportar o peso do veículo.

O pneu sem ar é mais resistente a furos e também é mais eficiente em termos de combustível, o que significa que os motoristas podem economizar dinheiro em longo prazo.

Em suma, os pneus à prova de furos são uma tecnologia inovadora que promete revolucionar o mercado de pneus. Com marcas como Michelin e Pirelli investindo em pneus à prova de furos, é possível que em breve os motoristas não precisem mais se preocupar com pneus furados ou com a necessidade de troca constante de pneus.

Vantagens e Segurança para o Motorista

O pneu que não fura é uma tecnologia que promete revolucionar a indústria automotiva, trazendo inúmeras vantagens para os motoristas.

Além de eliminar a necessidade de manutenção constante dos pneus convencionais, que muitas vezes podem furar em situações inesperadas, os pneus sem ar oferecem maior segurança para os passageiros.

Isso porque, em caso de furo ou esvaziamento, os pneus sem ar não perdem completamente a pressão, o que permite que o motorista mantenha o controle do veículo e evite acidentes. Os pneus sem ar são mais resistentes a danos laterais, como cortes e rasgos, o que aumenta ainda mais a sua durabilidade e segurança.

Comparação de Custos e Acessibilidade

Embora a tecnologia de pneus sem ar ainda seja relativamente nova, já existem opções disponíveis no mercado, como o Uptis da Michelin em parceria com a General Motors.

Este pneu sem ar estará disponível para o Chevrolet Bolt em 2024 e promete ser uma alternativa mais sustentável e econômica para os motoristas.

Embora o preço do pneu sem ar possa ser um pouco mais alto do que o dos pneus convencionais, girando em torno de R$ 350 para pneus selantes e R$ 1200 para pneus run-flat, a sua durabilidade e resistência a furos e danos laterais podem compensar o investimento a curto e longo prazo.

Os pneus sem ar são recicláveis e têm um menor impacto ambiental em comparação com os pneus convencionais, que muitas vezes contêm materiais de origem biológica.

Os pneus sem ar também são uma opção interessante para veículos comerciais, SUVs e carros de passeio, bem como para veículos lunares, onde a manutenção constante dos pneus pode ser um desafio.

Com a crescente demanda por tecnologias mais sustentáveis e eficientes, é provável que os pneus sem ar se tornem cada vez mais populares no mercado automotivo.

Quer continuar acompanhando as últimas histórias e notícias sobre carros e o universo das motos?

Então, siga @NoticiasSobreAutomovel e compartilhe este artigo com quem você acha que vai gostar também!

Advertisement
Deixe um comentário