Site de notícias de automóveis

Kadett GSI: O “Foguinho” que continua a inflamar corações 30 anos depois

Kadett GSI: O Ícone "Foguinho" dos Anos 90

O Kadett GSI, apelidado carinhosamente de “Foguinho”, continua a ser uma presença marcante nas ruas e no coração dos aficionados por automóveis, mesmo após décadas desde seu auge nos anos 90.

Este ícone automobilístico não só dominou as pistas e as ruas na sua época mas também permanece como um objeto de desejo no mercado de carros usados. Mas o que exatamente torna o Kadett GSI uma peça tão cobiçada de nostalgia automotiva?

Kadett GSI: O “Foguinho” que continua a inflamar corações 30 anos depois

Com o passar dos anos, o Kadett GSI apenas enriqueceu sua estatura, assim como um bom vinho. Atualmente, é considerado um clássico atemporal para aqueles que buscam reviver a liberdade e a adrenalina dos anos 90.

O carro não é apenas um meio de transporte; é uma cápsula do tempo que traz à tona memórias de dias de rebeldia, primeiros amores e aventuras sem fim.

Quantos cavalos tem o motor 1.8 do Kadett
Foto/ Reprodução

Uma Viagem no Tempo: Anos 90 no Brasil

  • Era de Ouro: Dominou as ruas e pistas nos anos 90.
  • Simbolismo: Representa ostentação, liberdade e paixão por velocidade.
  • Status Atual: Clássico cobiçado por entusiastas e colecionadores.
  • Contexto Histórico: Euforia do Plano Collor.
  • Características Marcantes: Motor 2.0 de 110 cv, bancos Recaro, e aerofólio.
  • Posição no Mercado: Líder indiscutível entre os esportivos da época.

História do Kadett GSI no Brasil

Ano Evento
1989 Lançamento como GS, com motor 2.0 8V e carburador duplo, somente álcool.
1991 Atualização para GSi, introduzindo injeção eletrônica multiponto.
1993 Lançamento da versão conversível, limitada a 2.000 unidades.
1994 Atualização de motor para mais potência e torque.
1998 Fim da produção, substituído pelo Astra.
2023 Torna-se um clássico cobiçado no mercado de carros usados.

Qual é o motor do Kadett GSi

Foto/ Reprodução

Qual é o valor do Kadett GSi?

Ao longo dos anos, a apreciação do Kadett GSI no mercado de veículos usados apenas reafirma sua posição como um clássico incontestável.

Para aqueles afortunados que se deparam com um GSI em excelente condição, essa descoberta é verdadeiramente preciosa.

O valor reside não apenas na experiência única de conduzir um veículo lendário, mas também no seu promissor potencial de valorização ao longo do tempo.

Segue uma visão geral do preço médio do Kadett GSI ao longo dos anos, refletindo sua trajetória ascendente no mercado:

  • 1989: R$ 30.000
  • 1990: R$ 35.000
  • 1991: R$ 40.000
  • 1992: R$ 45.000
  • 1993: R$ 50.000
  • 1994: R$ 55.000
  • 1995: R$ 60.000
  • 1996: R$ 65.000
  • 1997: R$ 70.000
  • 1998: R$ 75.000

Esses valores ilustram não apenas a estima crescente pelo Kadett GSI mas também solidificam seu legado como um marco no universo automobilístico.

Versões do Kadett GSI

No período entre 1989 e 1991, o Kadett GS se destacava por seu motor 2.0 de 8 válvulas carburado, capaz de entregar 110 cavalos de potência e um torque de 17,2 kgfm.

Esse conjunto propiciava ao veículo uma velocidade máxima de 180 km/h e a capacidade de acelerar de 0 a 100 km/h em 10,5 segundos.

Já na fase de 1991 a 1998, o modelo GSi elevou o patamar com seu motor 2.0 de 8 válvulas injetado, oferecendo 116 cavalos de potência entre 1991 e 1993, e 121 cavalos de 1994 a 1998.

O torque também viu um incremento, indo de 18,3 kgfm nos primeiros anos para 18,8 kgfm nos anos subsequentes. A velocidade máxima alcançada era de 185 km/h, e o carro conseguia ir de 0 a 100 km/h em apenas 10 segundos.

Quanto ao consumo de combustível, os modelos GS e GSi mostravam eficiência distinta em ambiente urbano e rodoviário.

No uso da gasolina, registrava-se uma média de 8,5 km/l na cidade e 12 km/l na estrada. Para aqueles que optavam pelo álcool, o consumo era de 6,5 km/l em percurso urbano e 9,5 km/l em viagens rodoviárias.

Leia também:

Chevette: A Máquina do Tempo Brasileira que Conquistou Gerações

Fiat Marea Turbo: A Fera Italiana que Pegava Fogo e Corações

Vectra GT: O Sonho de Consumo Esportivo que Mudou o Jogo no Brasil

kadett
Foto/ Reprodução

Outras Características

  • Câmbio manual de 5 marchas, tração dianteira.
  • Suspensão: McPherson (dianteira), eixo de torção (traseira).
  • Freios: disco ventilados (dianteira), tambores (traseira).
  • Opcionais: direção hidráulica, ar-condicionado, vidros e travas elétricas, alarme.

O Kadett GSI não é apenas um carro; é uma peça de história automobilística, representando uma época de ouro dos carros esportivos no Brasil.

Com sua combinação única de desempenho, estilo e robustez, o “Foguinho” continua sendo uma escolha apaixonante para entusiastas e colecionadores.

Se você encontrar um GSI em bom estado, não hesite; é um investimento que promete valorizar ainda mais com o tempo.

Quer continuar acompanhando as últimas histórias e notícias sobre carros e o universo das motos?

Então, siga @NoticiasSobreAutomovel e compartilhe este artigo com quem você acha que vai gostar também!

Advertisement
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.